21° C
min 18° | máx 30°

São Sebastião do Paraiso - MG

(35)3531-2396

Notícias

Cirurgias eletivas são retomadas em Passos

29/09/2020

.:: cirurgias_eletivas_sao_retomadas_em_passos_48802_1_pt_070723.jpg ::.

As cirurgias eletivas estão sendo retomadas, gradativamente, em Passos. Assim como em outras cidades do país, o serviço havia sido suspenso devido à falta de medicamentos essenciais para a realização dos procedimentos. A suspensão foi adotada para evitar a utilização de insumos e equipamentos importantes para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que poderiam ser necessários aos pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Entre os três maiores municípios da região, Passos é a segundo a conseguir autorização para a retomada dos procedimentos – o primeiro foi São Sebastião do Paraíso, que reiniciou as cirurgias eletivas em agosto. Conforme o secretário de Saúde de Passos, Evandro Bogo, alguns procedimentos de alta complexidade ainda não podem ser realizados. No entanto, em relação aos que já foram liberados, houve uma força-tarefa para a diminuição das filas, que podem ser consideradas mínimas no município.

As filas estão em constante diminuição, os pacientes estão sendo atendidos muito rapidamente. A força-tarefa para regulação inteligente do momento de espera tem contribuído para a agilidade de todo o sistema. No início da pandemia, além da falta de medicamentos, em um contexto bem difícil, outras adversidades contribuíram para esta paralisação, que agora, em novo contexto, passa por uma normalidade progressiva”, disse.

Já Piumhi ainda aguarda a liberação do estado para a volta das cirurgias eletivas. No município, conforme os representantes da secretária de Saúde, além da autorização para retomada das atividades, também é necessário haver maior disponibilidade de instituições de referência no Sistema Único de Saúde (SUS).

Do início do ano até setembro, apenas 15 procedimentos foram realizados no município, em razão, também, da pandemia. O número, quando comparado ao mesmo período de 2019, é 86,23% menor, uma vez que, no ano passado, foram realizadas 109 cirurgias eletivas. Atualmente, cerca de 200 pessoas aguardam atendimento. Segundo a secretaria de Saúde de Piumhi, a maioria dos pacientes espera por procedimentos de média e alta complexidade.

Estamos todos envolvidos na contenção da pandemia, lutando contra a falta de insumos e leitos. O estado e os municípios ainda não desenvolveram plano junto aos prestadores para a retomada das eletivas. Para o município realizar algum tipo de ação, é necessário ter prestador para realizar os procedimentos, que neste momento estão com os trabalhos suspensos por uma deliberação estadual”, explicou a pasta, por meio de nota.

FONTE : FOLHA DA MANHA