20° C
min 17° | máx 25°

São Sebastião do Paraiso - MG

(35)3531-2396

Clique
20:00 às 23:59 - Programa com a Mãe Aparecida
Apresentação
Rede Aparecida

Notícias

Município divulga cronograma para vacinação antirrábica em 2020

15/09/2020

.:: municipio_divulga_cronograma_para_vacinacao_antirrabica_em_2020_48568_1_pt_071121.jpg ::.

Donos de cachorros e gatos já devem ficar atentos ao calendário para a Campanha de Vacinação Antirrábica de 2020, em Passos. A ação é realizada pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Núcleo de Controle de Zoonoses. Conforme o planejamento, a primeira etapa terá início no dia 1º de outubro, na zona rural do município, e ocorrerá de segunda a sexta-feira. A partir do dia 10, o perímetro urbano também deve contar com pontos habilitados para oferecer a medicação, mas somente aos sábados.

Com o intuito de atender todos os pets, mais de 30 colaboradores deverão atuar na aplicação da dose em cerca de 19 mil animais, de forma gratuita. A raiva se caracteriza como uma doença infecciosa viral aguda, que pode afetar diversas espécies de mamíferos, como forma de uma encefalite progressiva, a qual causa a morte na grande maioria dos casos. Entre os principais sintomas do problema estão as dores musculares, febre, nervosismo e perda de apetite ou, em situações mais avançadas, salivação excessiva e vontade incontrolável de morder.

Além disso, a raiva também pode ser transmitida aos seres humanos, uma vez que a forma mais comum de contágio é o contato direto com a saliva dos animais infectados, ou também por arranhões. Ou seja, em casos de mordida ou lambedura, a recomendação dos órgãos de saúde é para que as pessoas lavem o local afetado com muita água e sabão e, se houver sangramento, é necessário aplicar um pano limpo, para depois procurar atendimento médico.

De acordo com Thiago Agnelo Salum, diretor de saúde coletiva, a proteção dos animais é essencial e todos devem participar da campanha.

Cada vez mais, trabalhamos para que o nosso município fique livre desta infecção e, para isso, contamos com o apoio da comunidade. O ideal é que os cachorros e gatos sejam levados por quem possui força suficiente para contê-los com total segurança e, caso seja necessário, também aconselhamos o uso de guias, coleiras ou focinheiras”, explicou.

Os pets podem receber a medicação a partir dos três meses de vida – não existem contraindicações, exceto em casos de animais debilitados ou que receberam restrições de um médico veterinário. Durante o período de campanha, a dose será aplicada das 8h às 16h e, para quem possui mais de quatro pets, ou em casos de difícil contenção do animal, a vacinação residencial pode ser agendada pelo telefone (35) 3522-8149.

 

FONTE: JORNAL DO SUDOESTE