21° C
min 19° | máx 30°

São Sebastião do Paraiso - MG

(35)3531-2396

Clique
00:00 às 04:59 - Programa com a Mãe Aparecida
Apresentação
Rede Aparecida

Notícias

Prefeito e SEMPRE negociam situação salarial dos servidores

10/01/2019

.:: conteudo_38168_1.jpg ::.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sempre - Sudoeste) se reuniu no fim da tarde de segunda-feira, 7, e, durante a manhã de terça-feira, 8, para negociar a situação salarial dos meses de novembro, dezembro e a metade do 13º salário. De acordo com o presidente do sindicato, Rildo Domingos, essa negociação tem a intenção de regularizar a totalidade ou pelo menos grande parte dos salários em atraso. “Todo recurso que entrar na Prefeitura será destinado ao pagamento do mês de novembro, dos servidores ativos, inativos e do magistério; posteriormente será pago o 13º salário, uma vez que os recursos chegam dia 10 e dia 20 de janeiro. Há possibilidade de que seja regularizado o pagamento integral do mês de novembro, o 13º e, até o fim do mês, com outros recursos, adentrar a folha de pagamento, em atraso, de dezembro. O avanço pretende ser significativo diante dos recursos que chegam à Prefeitura, como o IPVA e o IPTU”, destacou Rildo. O tesoureiro da Prefeitura, Adriano Reis de Paula, esteve presente na reunião e declarou que, na segunda-feira, 7, houve um crédito na conta do município. De acordo com ele, a expectativa é que este repasse seja suficiente para pagar o restante, na totalidade ou pelo menos grande parte dele, possibilitando que a Prefeitura encerre a folha de novembro. A primeira reunião entre o sindicato e as comissões setoriais está marcada para hoje, às 13h, na Escola Municipal Campos do Amaral, com a presença dos servidores da Educação, Cmeis, a secretaria e o almoxarifado. Durante todo o mês de janeiro, até o dia 25, acontecerão mais 14 reuniões como essa em outros setores. Rildo declarou que ouviu os servidores da Educação que, na segunda-feira, 7 , haviam anunciado greve. Segundo ele, o sindicato recebeu esses servidores e colocou-se à disposição. Segundo o presidente, o Sempre não descarta nenhuma categoria; estando aberto a escutar todas, mas com planejamento, maturidade e responsabilidade. Prezando pela negociação, pois, hoje não se consegue nada sem o diálogo e, caso a diplomacia não resolva a situação, atitudes serão tomadas, informou Rildo.

Fonte: Folha da Manhã