13° C
min 9° | máx 17°

São Sebastião do Paraiso - MG

(35)3531-2396

Clique
09:00 às 13:00 - Domingão do Ouvinte
Apresentação

Notícias

Professores em greve usam tribuna da Câmara para se manifestarem

14/03/2018

.:: conteudo_35730_1.jpg ::.

Um grupo de cerca de 30 professores da rede estadual de ensino de São Sebastião do Paraíso participou, na noite de segunda-feira, 12, da Sessão Ordinária da Câmara Municipal. Os servidores, que estão em greve desde o início desta semana, foram à Casa pedir apoio aos vereadores na luta da categoria. Entre as exigências dos servidores da Educação estão o pagamento do piso salarial conforme acordo assinado entre eles e o Estado, o fim do parcelamento dos salários e do 13º, cumprimento dos acordos assinados e atendimento de qualidade pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg). Fazendo uso da Tribuna Livre, o professor César Cardoso de Souza destacou que o movimento não tem ligações partidárias, mas que a categoria precisa da união de todos os grupos políticos do Estado. Segundo ele, a única forma da categoria ser ouvida é paralisando as suas atividades. Ele disse ainda que os professores são ouvidos pelos alunos, mas que é que preciso também ser ouvidos pelos pais, pela sociedade e pelos políticos. Disse também que já estiveram em outras oportunidades na Casa e que foram atendidos, esperando, assim, que mais uma vez, possam contar com o apoio dos vereadores. Os vereadores se manifestaram sobre a situação, ressaltando a importância da categoria e que fariam o possível para conseguir atender a demanda. No início da tarde de ontem, parte do grupo de professores voltou à Câmara e se reuniu com o presidente da Casa, Marcelo Morais, o vice-presidente, Vinício Scarano e os vereadores Luiz de Paula e Ademir Ross. A assessora do vereador Lisandro Monteiro, Elisa Grande Vergani, também participou do encontro. Na ocasião, professores e vereadores começaram a elaborar o texto do ofício que será encaminhado aos deputados estaduais nos próximos dias. Além disso, o grupo debateu outras formas de chamar a atenção dos parlamentares mineiros para a causa dos professores da rede estadual de ensino.

Fonte: Assessoria de Comunicação